manutenção em lavadoras de roupas sapiranga rs

Conserto de Máquina de Lavar Roupas Sapiranga – RS (51) 99861-5683

Conserto de Máquina de Lavar Roupas Sapiranga – RS (51) 99861-5683  / (51) 3271-6268 FIXO – Consertamos Máquina de Lavar Roupas, lava e seca e limpeza e manutenção de secadoras de roupas em Sapiranga – RSMACHADO CONSERTOS, faça o seu orçamento agora mesmo…

empresa de conserto de máquina de lavar em sapiranga rs 300x88 - Conserto de Máquina de Lavar Roupas Sapiranga – RS (51) 99861-5683

>>PARA LIGAR CLIQUE AQUI<<

 

Principais marcas:

  1. Samsung 
  2. Electrolux 
  3. Consul 
  4. Electrolux 
  5. Brastemp 
  6. Colormaq 
  7. Consul
  8. Brastemp 
  9. Samsung Seine
  10. Brastemp 
  11. Electrolux 
  12. LG 

Quem inventou a máquina de Lavar?

Em 1874, William Blackstone, um comerciante americano de Indiana, decidiu surpreender a mulher com um presente e construiu uma máquina que lavava e removia a roupa suja. Consistia de uma Tina onde havia uma tábua de madeira plana com seis estacas e, com o uso de uma manivela, a roupa era empurrada pelos bastões, enquanto passava por água quente com sabão.

A ideia resultou e a Blackstone começou a construir e vender mais máquinas de lavar, tendo mudado o negócio para Nova York. No entanto, surgiu a concorrência, com novas aplicações na máquina, como instrumento de torção de roupas e uso de tinas metálicas, surgidas por volta de 1900. Ao mesmo tempo, também começaram a ser utilizados motores a gasolina e a vapor, substituindo a manivela que girava a máquina. tambor e força manual implícita. O motor elétrico apareceu em 1906, mas a máquina não estava bem protegida e freqüentemente causava curto-circuito. Os motores foram colocados do lado de fora, sob a TINA, ao alcance da água quicando.

Ainda assim, a partir de 1914, as máquinas de lavar começaram a ser produzidas em série, dando às mulheres uma liberdade de que vinham reclamando há muito tempo. Não só o trabalho de lavagem antes era demasiado difícil, porque implicava um grande esforço físico para transportar a água, esfregar roupas grossas ou toalhas e lençóis, como ainda expunha a mulher às substâncias perigosas dos detergentes.

Os construtores, no entanto, introduziram algumas melhorias, como um método de transferir a potência do motor para o mecanismo sem risco de causar choques elétricos. Em 1920, o tambor mecânico apareceu, o sistema mais seguro que ainda é usado hoje. Para atender os desejos dos consumidores foram pensadas máquinas que não estragaram as roupas e assim foram lançadas aquelas que operavam em velocidades diferentes dependendo do tecido na lavagem. Entre outras melhorias, foi introduzido um despertador que permitiu que a máquina fosse programada para a duração do ciclo de lavagem, e a presença do operador ao lado da máquina não era necessária durante o processo.

Em 1957, uma máquina de lavar com cinco botões foi introduzida no mercado para controlar a temperatura de lavagem e enxágue e a velocidade de agitação e rotação. Em 1960, o sistema foi recuperado de enxaguar as roupas, expelindo a água por centrifugação, uma experiência que não tinha conhecido sucesso cerca de trinta anos antes. Hoje em dia, as lavadoras, com os avanços da eletrônica, já estão equipadas com programadores muito sofisticados, que escolhem o programa indicado, dependendo do tipo de tecidos introduzidos na banheira, da quantidade de roupas e da temperatura. Tanto por razões econômicas como por falta de espaço nos apartamentos, também começam a se popularizar as máquinas de lavar roupa misturadas e secar as roupas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *